sábado

Tributo aos CTT

Olá a todos!

O meu post de hoje é completamente diferente de tudo aquilo a que estão habituados, mas mesmo assim, não posso deixar de o fazer...



Estas são as pregadeiras que enviei em FEVEREIRO para a Sara de Málaga, em contra-reembolso. A Sara pagou, para levantar a encomenda e até agora, o cheque ainda não chegou!
Quem não se lembra do colar nr. 500?
Pois é... a Sofia de Sintra, recebeu-o assim...
e assim.... completamente destruído....

... bolas de madeira totalmente maciças, partidas, esmagadas... sei lá...

PROCURA-SE!

Este foi o colar que enviei no passado dia 21 de Julho à Teresa, de Massamá... e que até agora não chegou...

Transcrevo a resposta dos senhores dos CTT em relação às minhas reclamações:

"Face à questão apresentada informamos que, de acordo com a legislação em vigor, podem os objectos postais ser expedidos via normal ou sob registo. Sendo certo não ser possível reconstituir o percurso dos objectos no circuito postal aos quais coube tratamento de correio não registado, não existe no caso em apreço, forma de apurar os factos referidos por V. Exa.

No mesmo sentido, as indemnizações a que os clientes possam ter direito aplicam-se a correspondências com tratamento especial, o que não é o caso da presente situação.

No que concerne a avaria de uma correspondência com perda de conteúdo (objecto danificado), informamos que o Regulamento do Serviço Público de Correios estabelece que as indemnizações a que os nossos clientes possam ter direito se aplicam a correspondências com tratamento especial, nomeadamente registos, o que não se enquadra no caso do presente objecto postal."

Concluo, portanto, que os CTT cobram por um serviço que não prestam e confrontados com reclamações, escondem-se por trás do facto das encomendas terem seguido por correio normal e não registado.

Em nenhuma parte do "Regulamento do Serviço Público de Correios" encontrei referência a que as encomendas expedidas por correio normal (pago e bem pago) se perdem e se danificam ou que o dinheiro recebido numa situação de contra-reembolso, fica, provávelmente no bolso de algum dos intervenientes que não eu...

Resta-me dizer que, em nenhum dos casos, as clientes envolvidas saíram prejudicadas (à excepção do tempo em que estiveram/estão à espera da substituição das peças, depois de as terem pago)... a Sofia já recebeu o seu novo colar 500 e a Teresa em breve terá o seu colar rosa e branco de referência original 573.

Fica aqui o meu tributo ao serviço público dos CTT...

Muito obrigado, meus senhores...

7 Comentário(s):

Cátia 09 agosto, 2008 13:52  

Realmente concordo plenamente contigo. É triste fazer as coisas e enviar para as clinetes e as coisas chegarem danificadas ou pior, nem chegarem! Infelizmente é a tristeza de correios que temos!

beijinhos e bom fim de semana :)

VanArt 09 agosto, 2008 17:35  

Infelizmente nada nem ninguém se responabiliza pelos danos que acontecem às coisas enviadas pelo correio, diga-se de passagem que apesar de muito chato...este é daqueles casos que nem é de todo pior ou grave.

Eu há tempos tive um problema com o canil de Lisboa e a única preocupação demonstrada da parte deles foi em esclarecer o nr da carta profissional do veterinário em causa...e tratou-se da vida de um animal que eu quiz "salvar" do canil. Mas a história é muito triste e longa para estar a contar aqui...

Espero que consigas resolver de vez essa questão =/

beijinho
Van-Art

VanArt 09 agosto, 2008 20:29  

Com a opinião "revoltada" que surgiu devido ao tema do post, esqueci-me de agradecer os links que me facultou, já estive a ver e há já feiras marcadas para os inicios de setembro que me estão a palpitar =P vai participar?

aproveito e vou adicionar o seu cantinho aos meus links favoritos, para passar aqui regularmente =)

beijinho
Van-Art

♥Baï-Laa Taïgam 10 agosto, 2008 18:21  

Vergonhoso, no minimo!Mas ao menos está referenciado aqui para que todos se possam aperceber.

Boas criações*

ArtisAna 11 agosto, 2008 21:32  

Olá,
estou solidária contigo!!!!
Também já me aconteceram algumas coisas parecidas e é sempre muito chato!!!
Um bem haja por trazeres a público esta situação!

Beijinhos

Oficinas RANHA 12 agosto, 2008 20:00  

Oh pá, fiquei mesmo triste de saber destas coisas...
Rita

Diana 12 agosto, 2008 22:37  

É vergonhoso:(

  © Faz De Conta | Design by The Sniqper 2009

Back to TOP